Política de Cookies TICNOLOGIA - Directiva Europeia - EU e-Privacy Directive

Este website utiliza cookies na gestão de autenticações, navegação e outras funcionalidades que lhe disponibilizam uma melhor experiêcncia de utilização. Ao utilizar o nosso website, você aceita que nós coloquemos este tipo de cookies no seu dispositivo.

Visualizar toda a documentação sobre o e-Privacy Directive

Home Revisões Livros & eLearning Livro Practical SQL Queries for Microsoft SQL Server 2008 R2 da McGraw-Hill


Practical-SQL-Queries-for-Microsoft-SQL-Server-2008-R2-da-McGraw-Hill-thumbEsta é a sugestão de leitura para hoje, um livro que lhe ensinará a fazer as queries mais complexas sobre um dos motores de base de dados mais utilizados do mundo, o Microsoft SQL Server 2008 R2, assim como dominar stored procedures e alguma programação sobre SQL.

Este livro, Practical SQL Queries for Microsoft SQL Server 2008 R2, da prestigiada Editora McGraw-Hill, vem com mais de 400 queries exemplificativas, que vão deste as mais simples, às mais complexas e de grau de dificuldade mais elevado.

Com esta obra vai ser possível aprender as mais ponderosas técnicas de como interrogar uma base de dados da melhor forma, assim como extrair alguma inteligência de negócio (Business Intelligence), utilizando o SQL. Todos os mais de 400 exemplos estão disponíveis para download no site da Editora, ou podemos transcreve-los das páginas do livro. De igual forma, o livro mostra-nos sempre o resultado de cada query, para que possamos confirmar que do nosso lado não nos enganámos.

Os destinatários deste livro são todos os profissionais de base de dados que pretendem reciclar ou melhorar os seus conhecimentos em SQL, assim como estudantes dos cursos de TIC ou Engenharia Informática cujas cadeiras de bases de dados incidem sobre o tema. Agora que estamos em plena época de exames, este livro é sem dúvida uma boa aquisição para os que estão a fazer os trabalhos da cadeira.

Practical-SQL-Queries-for-Microsoft-SQL-Server-2008-R2-da-McGraw-HillO livro Practical SQL Queries for Microsoft SQL Server 2008 incide sobre o poderoso motor de bases de dados da Microsoft, o MSSQL, que vai já na versão 2008 R2. Embora o SQL seja uma linguagem “universal” padronizada, que permite realizar consultas (queries) sobre uma base de dados, cada fabricante de motor de base de dados, neste caso a Microsoft, mas existem outros como a Oracle etc., adaptam alguma sintaxe a funcionalidades específicas dos seus SGBDs (Sistema Gestor de Base de Dados), e daí a vantagem de uma obra deste género, que cobre um único SGBD específico, o da Microsoft, no caso deste livro.

O SQL (Structured Query Language) é como já aqui referimos, uma linguagem de “interrogação” para bases de dados relacionais. O SQL é suportado pela maioria dos motores de BD porque é uma linguagem estandardizada e padronizada. Embora este livro seja para o MSSQL 2008 R2, o autor garante que 95% das queries deste livro sejam compatíveis com outros vendors, assim como sobre outras versões mais antigas do servidor de base de dados da Microsoft. A implementação do SQL por parte da Microsoft chama-se de Transact-SQL (T-SQL).

A Linguagem SQL divide-se em três grandes secções:

  • Data Manipulation Language(DML);
  • Data Definition Language (DDL);
  • Data Control Language (DCL).

Todas estas divisões estão explanadas neste livro. Enquanto que o DML consiste no Select, Insert, Update, e Delete, o DDL reside no Create, Alter e no Drop. Por seu lado o DCL assenta no Grant, Revoke, e Deny. O DDL e DCL possuem o seu próprio capitulo no livro, enquanto que a maioria dos outros capítulos incide sobre o DML, em especial sobre o comando Select.

São pré-requisitos necessários para este livro duas bases de dados. A base de dados AdventureWorksDW2008, onde a maioria das queries irão ser sobre esta base de dados, e a AdventureWorks2008. Ambas podem ser descarregadas gratuitamente da internet e o livro explica onde e como o fazer.

Capítulos do Livro Practical SQL Queries for Microsoft SQL Server 2008 R2:

Capítulo 1, Select: tabela única

Este é um capítulo introdutório em que iremos ter contacto pela primeira vez, com o SQL. Este comando, o Select, permite obter colunas e linhas de dados de uma determinada tabela. Várias técnicas serão aqui abordadas, como cálculos com colunas, lidar com nulls e muito mais.

Capítulo 2, Where

Este capítulo é dedicado à cláusula Where, uma das mais importantes partes de uma query. O Where, em português “Onde”, permite-nos definir onde queremos encontrar os dados. Também nos permite especificar alguns parâmetros de filtragem que podemos aplicar sobre os nossos dados, restringindo o numero de respostas a devolver.

Capítulo 3, Order By

Depois de a query devolver os dados, é por vezes necessário ordená-los por determinada maneira e é isto que o Order By nos ajuda a fazer. Vai nos ser demonstrado como o fazer numericamente ou alfabeticamente, e também a alinhar pelo melhor resultado (Top) ou ao contrário.

Capítulo 4, Select: várias tabelas

Enquanto que os primeiros capítulos se concentravam em consultas em apenas uma tabela, neste capítulo o livro explica-nos como o fazer em várias, agregando dados que estão alojados em várias tabelas de uma base de dados. Para o fazer usaremos uma técnica chamada de Join, que pode ter várias variantes, como o inner ou outer join, entre outros.

Capítulo 5, Agregados

Este capítulo incide sobre a agregação de dados. Esta técnica permite fazer a agregação por vários factores, contar registos, totais, fazer a média, etc. Permite também que possamos fazer cálculos de máximos e mínimos.

Capítulo 6, Select: Novas tabelas

Neste capítulo aprendemos a criar tabelas. Existem várias formas de o fazer, e neste capítulo o autor deu especial enfâse ao Select Into. Este capítulo também explica o que é uma tabela temporária assim como o uso da “desnormalização” para a geração de relatórios, etc.

Capítulo 7, Except/Intersect/Union

No sétimo capítulo será dado destaque às operações que giram em torno dos comandos Except/Intersect/Union. Estes operadores permitem realizar operações do tipo “mapas de Venn”, tal como os que aprendemos na escola, permitindo obter dados de várias tabelas, pela união das mesmas, pelos valores diferentes, etc.

Capítulo 8, Group By

Com o comando Group By podemos agrupar dados em “grupos”. Esta técnica é muito comum no mundo das consultas a bases de dados, pois também permite a agregação de informação, assim como pode ser usada para a implementação de algumas funções, como a Sum().

Capítulo  9, Funções

O SQL Server da Microsoft vem com centenas de funções de sistema já implementadas. Podemos visualiza-las no “Object Explorer”, por categoria específica. Embora possamos escrever as nossas próprias funções, estas já estão ao nosso dispor, e são optimizadas para o máximo de performance neste motor de base de dados, permitindo-nos transformar e manipular dados de forma simples e rápida.

Capítulo 10, Sub-queries

Este capítulo ensina-nos a efectuar consultas dentro de consultas, ou seja, queries aninhadas dentro de outras (por exemplo selects dentro de selects). Estas técnicas são também muito utilizadas nos ambientes de desenvolvimento, por permitem extrair dados de grupos de dados que já foram gerados por outras consultas prévias.

Capítulo 11, Delete/Insert/Update

Enquanto que os capítulos anteriores incidiram sobre a obtenção de “respostas” da base de dados, este capítulo irá focar-se na manipulação de dados propriamente dita, assim como na inserção de novos dados, da sua actualização ou mesmo na eliminação de registos de uma base de dados.

Capítulo 12, Views/User-Defined Functions

Em ambientes de produção, em especial no mundo dos negócios, torna-se necessário obter relatórios com informação precisa a fornecer aos decisores e isso exige que o nosso código se torne mais complexo. Estas técnicas que são ensinadas neste capítulo, permite evitar a re-escrita de código SQL, evitando queries demasiado complexas e complicadas. Tirando partido de técnicas como o encapsulamento, ou stored procedures, podemos optimizar e agilizar essas tarefas.

Capítulo 13, Stored Procedures/Programação

Este é um capítulo mais avançado e destinado aos programadores. Ele ensina qual a sintaxe a utilizar para a criação de Stored Procedures e como estender o SQL convencional.

Capítulo 14, Data Definition Language(DDL) e Data Control Language (DCL)

Como criar bases de dados, tabelas, chaves etc., são alguns dos conceitos que irão ser ensinados neste capítulo.

Capítulo 15, “After You Finish”

Capítulo final do livro, onde aprendemos a utilizar alguns métodos alternativos noutras ferramentas de software, para manipular dados numa BD.

Sobre o autor:

Art Tennick trabalha em bases de dados relacionais e queries SQL à mais de 20 anos. Tem estado envolvido no desenvolvimento de bases de dados multidimensionais, cubos, data mining, DMX, entre outras, à mais de 10 anos. É autor de vários livros sobre o tema, alguns dos quais publicados pela Editora MCGraw-Hill.

A McGraw-Hill é uma Editora norte-americana, sedeada em Nova Iorque e foi fundada em 1909. É uma referência nas publicações técnico-científicas, passando pela Engenharia e Informática, à gestão de empresas e Economia, enciclopédias, etc.

Practical-SQL-Queries-for-Microsoft-SQL-Server-2008-R2-da-McGraw-HillAutor: Art Tennick

Data: Outubro, 2010

336 páginas

ISBN 0071746870 / 9780071746878

Comprar: http://www.mcgraw-hill.co.uk/html/0071746870.html

Online

Temos 76 visitantes em linha