Política de Cookies TICNOLOGIA - Directiva Europeia - EU e-Privacy Directive

Este website utiliza cookies na gestão de autenticações, navegação e outras funcionalidades que lhe disponibilizam uma melhor experiêcncia de utilização. Ao utilizar o nosso website, você aceita que nós coloquemos este tipo de cookies no seu dispositivo.

Visualizar toda a documentação sobre o e-Privacy Directive

Home Notícias Segurança Informática Estudo alerta para falhas na segurança das pens USB de empresas


segurana-usb-driveUm estudo recente realizado pelo Ponemon Institute, com a estreita colaboração da Kingston Technology, revelou graves falhas na segurança de drives USB de empresas europeias, sendo que quase dois terços destas já sofreram perdas de informação confidencial devido ao desaparecimento de USB flash drives.

Um recente estudo levado a cabo pela Kingston Technology em colaboração com o Ponemon Institute, permitiu chegar à conclusão de que as empresas públicas e privadas de países como a Alemanha, Suíça, Holanda e dos países do Norte da Europa preocupam-se mais com a segurança da informação transportada nas USB do que as empresas do Reino Unido, da França e da Polónia.

As empresas acreditam que a segurança é imprescindível mas não tomam medidas concretas nem implementam políticas internas. Por seu lado os colaboradores dessas organizações são muitas vezes negligentes quanto à segurança das drives USB, pondo em risco informação confidencial da empresa.

O estudo confirma que muitas empresas ignoram ainda os riscos de drives USB não encriptadas e não seguem políticas de segurança apropriadas. Este estudo denota ainda as diferenças marcantes na abordagem e implementação de normas de segurança USB entre os vários países.

O estudo europeu, uma extensão de um estudo prévio realizado nos EUA, confirma que é necessária uma maior consciencialização para que as empresas apostem em dispositivos USB seguros, bem como em políticas de segurança. Foram inquiridos 2,942 trabalhadores de TI, com uma média de 10,75 anos de experiência na área, e todos reconheceram a importância da segurança dos dispositivos e das políticas de segurança USB. Na Europa, 71% dos inquiridos responderam que as suas empresas não possuem tecnologia para prevenir nem para detetar rapidamente o download não autorizado de informação confidencial para USB drives. As estatísticas mostram que a grande maioria das empresas inquiridas ignora os riscos da utilização de drives USB não encriptadas e 62% já sofreram a perda de informação confidencial em drives USB nos últimos 2 anos.

Quando comparamos os estudos individuais de cada país verificamos que a perceção da importância da segurança USB é mais elevada na Alemanha – onde 62% dos inquiridos considera que a sua empresa tem políticas de segurança USB adequadas para prevenir a utilização indevida dos colaboradores. Pelo contrario, a França e a Polónia são os países com um maior risco devido às práticas indevidas dos trabalhadores – 85% dos inquiridos em França e 83% na Polónia afirmam que os colaboradores utilizam drives USB sem autorização prévia.

De acordo com alguns números obtidos com este estudo, 75% dos inquiridos afirmam que os colaboradores utilizam drives USB sem autorização prévia. Uns impressionantes 63% afirmam que os colaboradores perdem drives USB e não notificam as autoridades competentes.

A França, o Reino Unido e a Polónia têm a mais alta percentagem de fuga de informação resultante de perdas de drives USB.

Nota de edição:

Este estudo foi realizado pelo Ponemon Institute a pedido da Kingston Technology em Novembro e 2011 a trabalhadores das TI com uma média de 10 anos de experiência na Dinamarca, França, Alemanha, Holanda, Noruega, Suécia, Suíça, Polónia e Reino Unido.

O Ponemon Institute dedica-se à divulgação de práticas e políticas responsáveis de gestão corporativa e governamental. Com este objetivo, o instituto conduz estudos independentes, forma líderes dos sectores público e privado e verifica as políticas de privacidade e proteção de dados das empresas.

Online

Temos 82 visitantes em linha