Política de Cookies TICNOLOGIA - Directiva Europeia - EU e-Privacy Directive

Este website utiliza cookies na gestão de autenticações, navegação e outras funcionalidades que lhe disponibilizam uma melhor experiêcncia de utilização. Ao utilizar o nosso website, você aceita que nós coloquemos este tipo de cookies no seu dispositivo.

Visualizar toda a documentação sobre o e-Privacy Directive

Home Notícias Segurança Informática Estudante que atacou o Facebook foi preso


Glenn-Mangham-FotoGlenn Mangham, um jovem de 26 anos que terá conseguido penetrar nos sistemas do Facebook, foi condenado e preso durante oito meses.

Muitos são os que tentam furar os sistemas de segurança do Facebook, a maior rede de segurança do planeta. Desta vez foi Glenn Mangham, o pródigo estudante de York que conseguiu “hackear” a rede social de Mark Zuckerber, mas este feito saiu-lhe caro, pois o jovem fora apanhado e condenado a 8 meses de prisão efetiva.

Este jovem estudante terá admitido que conseguira entrar nos sistemas do Facebook durante Abril e Maio do ano passado, atitude essa que terá justificado a pena atribuída pelo juiz Alistair McCreath, que terá interpretado a atitude do jovem Hacker como “desastrosas” para a rede social.

De acordo com os números revelados pelo Facebook, esta rede social terá gasto mais de 200 mil dólares para combater os ataques de Mangham, numa ação de investigação demasiadamente consumidora de tempo e recursos, alegam os responsáveis por esta rede. Para além deste prejuízo, os responsáveis pelo Facebook afirmam também que este hacker terá tido acesso a propriedade intelectual, que terá descarregado para uma unidade de disco rígido externa.

Online

Temos 132 visitantes em linha