Política de Cookies TICNOLOGIA - Directiva Europeia - EU e-Privacy Directive

Este website utiliza cookies na gestão de autenticações, navegação e outras funcionalidades que lhe disponibilizam uma melhor experiêcncia de utilização. Ao utilizar o nosso website, você aceita que nós coloquemos este tipo de cookies no seu dispositivo.

Visualizar toda a documentação sobre o e-Privacy Directive

Home Notícias Negócios Indra ganha quatro contratos para implementar sistema de portagens na Índia


indraA GMR, uma das empresas de infraestruturas mais importantes da Índia adjudicou à multinacional três contratos para implementar os seus sistemas de portagens nas auto-estradas de Andhra Pradesh, Karnataka, Rajasthan e Gujarat.

A Indra foi escolhida pela empresa indiana GMR, uma das principais empresas de infra-estruturas do país, para implementar a sua tecnologia de portagens nas auto-estradas do Estados de Andjra Pradesh, Karnataka, Rajastan e Gujarat por um valor total de 8,6 M€ em três contatos. A estes contratos, acresce o adjudicado pela Soma-Isoluz Kinshangarth-Beawar Tollway PVT para implementar o centro de controlo e os sistemas de gestão da auto-estrada NH8 que une as cidades de Kinshangarth e Beawar, de 1,6 M€.

Estes projetos permitem à Indra prosseguir com o seu objetivo de aumentar a sua presença nos mercados emergentes do continente asiático e fortalecem a posição da multinacional tecnológica no mercado de Transporte e Tráfego na Índia, com um enorme potencial e grandes investimentos previstos no sector das infraestruturas de transporte por estrada, para os próximos anos.

Atualmente a Indra está a implementar no país nove estações de radar e os sistemas de gestão de tráfego aéreo em 38 aeroportos, e conta com uma presença sólida em ticketing, com projetos para o monorail e o metro de Mumbai, o metro ligeiro para o aeroporto de Deli e o metro de Calcutá. Recentemente, a multinacional realizou os contratos para avançar com o novo centro de controlo aéreo de Calcutá, que será um dos mais importantes do país e para implementar quatro simuladores de treino para os controladores da Autoridade Aérea da Índia (AAI).

O primeiro contacto com a GMR contempla o fornecimento, instalação e operacionalização do sistema de portagens da auto-estrada NH9, que com 181 quilómetros une as cidades de Hyrerabad e Vijayawada, no Estado de Andhra Pradesh. A Indra implementará num total de 46 vias os seus sistemas de portagem manual, eletrónico e misto, que incluem a tecnologia de pesagem em movimento, utilizada para classificar os veículos.

No Estado de Karnakata, a Indra implementará na auto-estrada NH13, no troço de Hungund a Hosped de 97 quilómetros, a sua tecnologia de portagens para um total de 42 vias de portagens manual, eletrónico e misto, também com equipamentos de pesagem em movimento.

Nos estados de Rajasthan e Gujarat a multinacional tecnológica será responsável por implementar um sistema de portagens temporárias e posteriormente uma portagem definitiva para o troço de auto-estrada de Kishanfarh Udaipur Ahmedabad (KUA), nas auto-estradas NH-79, NH-76 e NH-8.

Os três projetos de portagens foram adjudicados pelo grupo indiano GMR, uma das 10 empresas de infraestruturas mais importantes na Índia, que opera seis concessões de auto-estradas e está atualmente a desenvolver quatro novos projetos de concessão no país.

 

Tecnologia de gestão de tráfego

Por outro lado, a Soma-Isolux Kinshangarh-Beawar Tollway PVT adjudicou à Indra o desenvolvimento, implementação e manutenção dos sistemas de gestão da auto-estrada NH-8, que une as cidades de Kinshangarh e Beawar. O centro de controlo administrará o tráfego nos 94 quilómetros de auto-estrada e integrará os diferentes sistemas: medidores de tráfego, painéis de mensagens variáveis, postos SOS, estação meteorológica e o sistema de circuito fechado de televisão (CCTV).

A Indra soma estas novas referências à sua ampla experiência no desenvolvimento e implementação de soluções integrais de alta tecnologia para a gestão e controlo de tráfico, sistemas de controlo de túneis e sistemas de portagens, áreas que contam com projetos em mais de 45 países, tais como Portugal, Irlanda, Espanha, Estados Unidos da América, Canadá, México, Chile, Brasil, Montenegro ou China.

Bolsas

Online

Temos 60 visitantes em linha