Política de Cookies TICNOLOGIA - Directiva Europeia - EU e-Privacy Directive

Este website utiliza cookies na gestão de autenticações, navegação e outras funcionalidades que lhe disponibilizam uma melhor experiêcncia de utilização. Ao utilizar o nosso website, você aceita que nós coloquemos este tipo de cookies no seu dispositivo.

Visualizar toda a documentação sobre o e-Privacy Directive

Home Notícias Microsoft sensibiliza seniores portugueses a doarem a sua voz


Microsoft senioresNa sequência do anúncio recente da criação do LUL - Living Usability Lab, ou Laboratório Vivo de Tecnologias Inovadoras para as Redes da Nova Geração, a Microsoft anuncia agora a primeira grande iniciativa do seu Centro de I&D na área das tecnologias de processamento da fala: a campanha “Doar a Voz”.Tendo como missão a recolha de fala de cidadãos seniores portugueses, o objectivo da campanha é a melhoria do estado actual da tecnologia de reconhecimento de voz em Português, de forma a ser utilizada em aplicações que utilizem interfaces controladas por fala na assistência à população sénior.

 

A Microsoft Portugal anuncia hoje o início de uma campanha intitulada “Doar a Voz” , destinada à recolha de fala de cidadãos seniores portugueses. A iniciativa enquadra-se no projecto LUL - Living Usability Lab, ou Laboratório Vivo de Tecnologias Inovadoras para as Redes da Nova Geração e destina-se a melhorar o estado actual da tecnologia de reconhecimento de voz em Português, de forma a ser utilizado em aplicações que utilizem interfaces controladas por fala em cenários que visam melhorar a qualidade de vida da população sénior.
Esta campanha dirige-se a pessoas com 60 anos ou mais, residentes em Portugal e que tenham o português como língua materna. Os cidadãos seniores interessados em participar serão convidados a visitar o sítio
www.doaravoz.com e fazer um registo simples, mediante o qual apenas terão de disponibilizar dados como nome, género, região a que pertencem e endereço de correio electrónico, para que possam ser contactados no caso de atribuição de alguma das ofertas simbólicas de incentivo à participação na iniciativa de I&D.

Por questões de privacidade, a voz doada não será reproduzida ou divulgada, bem como os dados pessoais dos voluntários. A doação da voz serve apenas para melhorar o desempenho dos actuais sistemas de reconhecimento de fala em Português aplicados em cenários ao serviço da população sénior.

Processo de recolha de fala

A participação dos cidadãos seniores na campanha decorrerá em regime de voluntariado, devendo os interessados aceder ao site: http://www.doaravoz.com. Os participantes deverão usar um computador com ligação à internet e um microfone externo ou auscultadores com microfone.

A doação de voz deverá ser feita numa sala com pouco ruído e pouco eco, preferencialmente em casa ou em espaço exíguo. Em seguida deverão ler os termos e condições e, caso os aceitem, pressionar o botão continuar. O passo seguinte é o teste dos requisitos de hardware (máquina) e software. O sistema guiará o utilizador caso seja necessário instalar alguma aplicação. Finalmente, o utilizador é convidado a ler uma frase para testar as condições acústicas da sua doação. Passado mais este teste, o a pessoa pode começar a gravar as frases que surgem no ecrã. Pode parar a gravação quando quiser e gravar de novo, caso se engane. Cada sessão dura cerca de 20-30 minutos.

Incentivos de participação

Por cada doação válida (completa), será atribuído 1 Voucher ou 1 rato Microsoft, de 20 em 20 doadores aleatoriamente. Os doadores nº 100, nº 500, nº 1000 e nº 1500 vão receber 1 ActivoPC Sénior no valor de 300 Euros.

Primeiras aplicações práticas da fala recolhida – projecto de I&D

Os pilotos saídos do Laboratório Vivo de Tecnologias Inovadoras para as Redes da Nova Geração estarão disponíveis após a conclusão do projecto (em Fevereiro de 2012) na Universidade de Aveiro, co-promotor do consórcio, onde funcionará o laboratório vivo, dada a proximidade com outros parceiros que farão os primeiros testes de usabilidade deste projecto, nomeadamente os parceiros Santas Casas da Misericórdia de Oliveira do Bairro e de Aveiro, o Hospital Infante D. Pedro (AVEIRO) e do Centro de Medicina Física - Rovisco Pais. Na região de Lisboa, prevê-se a avaliação da usabilidade dos serviços e tecnologias disponibilizados, por parte da Associação Salvador, parceiro do Laboratório. O objectivo do projecto é ainda o de permitir que os mesmos serviços funcionem em cenários reais, ou seja, em casa dos utilizadores finais.

Parceiros da Campanha “Doar a Voz”

São parceiros deste projecto a Electrosertec e algumas universidades sénior situadas várias regiões do país, em processo de identificação.

A Campanha “Doar a Voz” é uma iniciativa desenvolvida pelo MLDC (Microsoft Language Development Center), o Centro de Desenvolvimento da Linguagem Europeu da Microsoft, pertencente ao grupo de fala da companhia, sediado em Seattle (nos Estados Unidos). Além do desenvolvimento de componentes-chave de tecnologia de fala para produtos Microsoft, o MLDC tem como uma das suas linhas de acção a colaboração com a indústria e a academia europeias, incluindo portuguesas, em projectos de cidadania e de intercâmbio técnico e científico.

Online

Temos 154 visitantes em linha