Política de Cookies TICNOLOGIA - Directiva Europeia - EU e-Privacy Directive

Este website utiliza cookies na gestão de autenticações, navegação e outras funcionalidades que lhe disponibilizam uma melhor experiêcncia de utilização. Ao utilizar o nosso website, você aceita que nós coloquemos este tipo de cookies no seu dispositivo.

Visualizar toda a documentação sobre o e-Privacy Directive

Home Notícias Internet Google defende que o seu modelo Cloud resulta em menos emissões de carbono


Google-cloud_serverA Google afirma que o seu modelo de email na “grande nuvem” é mais seguro, simples e para além disso poupa em emissões de gases que produzem o efeito de estufa.

De acordo com a Google, que divulga um recente estudo sobre as emissões de carbono para a atmosfera, realizado pela Carbon Disclosure Project (CDP), o modelo de computação na Cloud permite uma redução global nas emissões de gases com efeito de estufa, vulgo o carbono.

Google-cloud_server

Um professor da Universidade de Stanford, Jonathan Koomey, vai mais longe e afirma que depois de ter realizado vários estudos para várias empresas, a “nuvem” é mais amiga do ambiente do que o tradicional sistema de Hosting em Data Centers, onde cada cliente possui o seu servidor, mesmo que não o utilize na totalidade, ao invés do modelo Cloud que distribui toda a carga por vários servidores localizados em diferentes localizações, mas que aproveita os seus recursos na totalidade, sendo por isso necessário um menor número de máquinas, logo ocorre um menor consumo energético.

Google-Green-YouTube

Como a Google utiliza este modelo de Cloud no seu sistema de email Gmail, e cada vez mais empresas utilizam este sistema de email, em detrimento de soluções de hosting de email individuais, os resultados anunciados pela empresa dos motores de busca são claros, pois esta mudança traduz-se numa poupança energética na ordem dos 80%, estando este estudo disponível em PDF para os mais cépticos consultarem.

Online

Temos 139 visitantes em linha