Política de Cookies TICNOLOGIA - Directiva Europeia - EU e-Privacy Directive

Este website utiliza cookies na gestão de autenticações, navegação e outras funcionalidades que lhe disponibilizam uma melhor experiêcncia de utilização. Ao utilizar o nosso website, você aceita que nós coloquemos este tipo de cookies no seu dispositivo.

Visualizar toda a documentação sobre o e-Privacy Directive

Home Notícias Internet És capaz de descarregar um ficheiro torrent com 641.32 GB? Descarrega o GeoCities!


GeocitiesUm ano passado desde que o popular serviço de alojamento de sites, o “GeoCities” foi encerrado, uma equipa de “arquivistas”,  apelidados de “Archive Team” decide partilhar todo o conteúdo do serviço num único ficheiro torrent “gigante” com mais de 600 gigas!

O GeoCities foi adquirido pela Yahoo em 1999, num negócio astronómico para a altura, atingindo valores de 3.5 biliões de Dólares, que serviu de porta de entrada à Yahoo no segmento do Web hosting (alojamento de sites Web). Em Outubro do ano passado a Yahoo decide fechar o serviço, deixando toda uma comunidade de webmasters ( cerca de 38 milhões de páginas criadas ) e de fãs, devastada.

Na altura algumas equipas de "arquivistas" tentaram salvar partes do site, num gesto tido por muitos analistas como “arqueologia digital”. Assim que tiveram conhecimento da vontade da Yahoo em encerrar o serviço, anúncio oficial que ocorreu em Abril de 2009, lançaram os seus clones de “Googlebots” (indexadores de páginas da Google) que começaram a fazer download desse mesmo conteúdo. Os responsáveis por esta árdua tarefa afirmam que nem todas as páginas eram descarregadas, ficando-se a maioria dos sites pelos 10 MB ou menos de espaço. Contudo, conseguiram “salvar” 641.32 GB do GeoCities e lançaram um torrent inédito que muito poucos terão “coragem” de descarregar! Haja disco…

Link do torrent: http://thepiratebay.org/torrent/5923737/Geocities_-_The_Torrent 

(Nota: O Ticnologia não promove ou promoverá qualquer tipo de actividade ilícita relacionada com downloads de conteúdos considerados ilegais. O presente link tem apenas cariz informativo, pretendendo apenas comprovar a veracidade da notícia).

Online

Temos 123 visitantes em linha