Política de Cookies TICNOLOGIA - Directiva Europeia - EU e-Privacy Directive

Este website utiliza cookies na gestão de autenticações, navegação e outras funcionalidades que lhe disponibilizam uma melhor experiêcncia de utilização. Ao utilizar o nosso website, você aceita que nós coloquemos este tipo de cookies no seu dispositivo.

Visualizar toda a documentação sobre o e-Privacy Directive

Home Notícias Ciência e Espaço Descoberta bactéria que consegue digerir urânio radioactivo


Geobacter sulfurreducensCientistas da Universidade da Califórnia do Sul descobriram um novo tipo de bactéria que pode ser a solução em caso de derrames radioactivos. A Geobacter sulfurreducens pode, em determinadas circunstâncias, absorver metais pesados como o urânio.

A Geobacter sulfurreducens, o nome científico deste pequeno ser, pode ter um papel fundamental em cenários de derrame de substâncias radioactivas e metais pesados, pois mediante determinadas condições, como por exemplo o baixar da temperatura do seu meio, ela consegue reter essas substâncias e evitar que sejam absorvidas por outros organismos, o que pode agravar ainda mais a catástrofe.

Ao diminuir a temperatura do meio envolvente desta bactéria, ela desenvolve umas pilosidades, semelhantes a fios de cabelo, que conseguem envolver o urânio e retendo-o, impedem que ele se dissolva no ambiente.

Geobacter sulfurreducens

 

Online

Temos 201 visitantes em linha